• Berenice Taboada Díaz. Tradução: Aline Baroni

10 personagens de quadrinhos e desenhos animados que são vegetarianos

Quando pensamos em nossos super-heróis e vilões preferidos, na maior parte das vezes, seus hábitos alimentares são um mistério. Entretanto, é comum que, pela influência dos anúncios de patrocinadores nos desenhos animados ou por meros estereótipos sociais, os hábitos carnívoros de alguns personagens (como Homer Simpson ou Fred Flintstone) sejam mais conhecidos que os hábitos compassivos que outros personagens têm.


Independente de serem super-heróis ou simples personagens de desenho animado, os personagens a seguir seguem uma dieta vegetariana ou vegana. Alguns deles até se engajam no ativismo pelos direitos animais e pelo meio ambiente!



1. Mulher Maravilha, de Greg Rucka


Desde o surgimento da Mulher Maravilha em 1941, Diana Prince tem feito história e quebrou barreiras sendo uma das mais poderosas personagens do Universo DC. Uma das fundadoras da Liga da Justiça, ela é incrivelmente inteligente e compassiva.

Quando Greg Rucka fez de Diana vegetariana, muitos fãs reclamaram porque associavam a imagem de uma guerreira com a força do consumo de carne.

Diana é uma mulher forte e mal-humorada, criada numa ilha cheia de vegetação por uma raça de mulheres imortais que jurou paz e equidade, que tirava da natureza apenas o que era necessário. Elas obviamente não matavam nenhum animal para se alimentarem.



2. Pamela Isley, também conhecida como Hera Venenosa


Pamela cultiva, cuida, ouve e se alimenta de plantas. Ela pode fazê-las crescer com um simples estalar dos dedos. Pamela está em sintonia com a flora e a fauna da Terra, e ela basicamente tem clorofila em suas veias.

No episódio “Harley e Ivy”, você pode ver Pamela comendo um prato de cenouras, tomates, pepinos e alface com suco de beterraba.

O relacionamento de Hera Venenosa com plantas é tão extremo que ela começou a se tornar uma. Ela é retratada como metade planta e metade humana. Seu objetivo é proteger seus bebês verdes e o meio ambiente.




3. Homem-Animal, também conhecido como Buddy Baker


A série Buddy “Homem-Animal” Baker se concentrou na dedicação de Baker em trabalhar pelos direitos animais e ser vegetariano. Ele tem a habilidade de emprestar, temporariamente, características animais (como o sonar dos morcegos, por exemplo). Ele usa esse poder para lutar contra o crime, e também evita a crueldade não comendo produtos de origem animal.




4. Magneto, também conhecido como Erik Lensherr


Apesar de ser um monstro no Universo Marvel, Magneto tem elementos simpáticos em seu caráter, pelo menos no que se refere a animais. Ele acredita que mutantes são superiores aos humanos e que podem ter uma consciência muito maior.

Por outro lado, mesmo que Magneto seja colocado como vegetariano, ele faz várias afirmações sobre ter comido carne humana ou sobre estar preparado para fornecê-la aos outros mutantes.


5. Damian Wayne, também conhecido como Robin


Damian Wayne é o filho de Batman e Talia al Ghul. Ele se tornou vegetariano em uma história de 2012, onde Batman e Damian resgatam uma vaca de um abatedouro; depois disso, Damian declara que se tornará vegetariano e dá à vaca o apelido de Bat-Vaca.


Interessantemente, a Bat-Vaca se torna um personagem secundário da Bat-Família, aparecendo em alguns spin-offs, como no jogo Lego Batman: The Videogame e em vários quadrinhos para crianças.



6. Bruce Banner (o alter ego de Hulk)


Em Ultimate Wolverine vs. Marvel's Hulk, é revelado que Bruce tenta manter um estilo de vida saudável, medita, pratica esportes, e até é vegano para manter o grande homem verde à distância — já que seu alter ego tem tendências canibais.



7. Super Homem, de Mark Waid


Sempre se acreditou que, como Clark Kent foi criado no Kansas, ele seguia a dieta dos fazendeiros estadunidenses na primeira metade do século XX, mas em Superman: o Legado das Estrelas vol. 2 esse ponto de vista mudou.

Em 2003, quando Mark Waid e Leinin Francis Yu reinventaram a história da origem do Homem de Aço, eles o fizeram vegetariano. A série explica que o Super Homem é profundamente abalado pela ideia de tirar a vida de outro ser e, por essa razão, não come carne. Graças aos seus poderes, o Super Homem viu a passagem da alma ao morrer e percebeu quão similar é a morte de um animal e a de um ser humano.




8. Bobby Hill


“And They Call It Bobby Love” é o segundo episódio da terceira temporada da série animada O Rei do Pedaço, da Fox. Apesar do fato de seus pais serem profundamente carnívoros, Bobby se torna vegetariano para impressionar uma garota veggie chamada Marie.



9. Salsicha, do Scooby-Doo


Há um episódio onde Sia, a cantora, tenta tornar Scooby e Salsicha veganos. Em um momento, Salsicha diz “Quem quer ir para um churrasco quando podemos sair com a Sia?”, ao que Scooby responde “E ser vegano!”. Então, todos vão a um quarto onde há tortas veganas e eles bebem smoothies sem leite animal. Além disso, no filme “O Que Há de Novo, Scooby-Doo?” de 2002, Salsicha é visto comendo hambúrgueres vegetarianos.

Isso não é acidental. A voz de Salsicha é feita pelo ator Casey Kasem, uma personalidade do radialismo, que era vegano e falou muitas vezes sobre direitos animais e causas ambientais no rádio. De fato, Kasem interpretou Salsicha desde o início da série em 1969, mas ele desistiu em 1997 quando foi convidado a emprestar sua voz para um comercial do Burger King.




10. Lisa Simpson


Desde o histórico episódio “Lisa the Vegetarian” de Os Simpsons, exibido pela primeira vez em 15 de outubro de 1995, Lisa Simpson tem sido um ícone na defesa dos animais e do meio ambiente.

A história é sobre um encontro casual que Lisa tem com um cordeiro muito fofo, que faz a pequena saxofonista de apenas oito anos de idade pensar se vale a pena comer um animal para satisfazer sua fome.

Mas Lisa não está sozinha. Ela tem amizades vegetarianas que a ajudam em sua transcendental mudança de vida. Apu, o dono do mercado, já adotava um estilo de vida compassivo e tinha substituído as salsichas de sua loja por salsichas de tofu sem ninguém ter percebido.

Paul McCartney e sua esposa, Linda, também ajudam Lisa. O cantor inglês concorda em aparecer nesse episódio mas solicita que Lisa permaneça vegetariana pelo resto da série. Linda disse à Entertainment Weekly que esse episódio era uma oportunidade para ela e seu marido “espalharem a palavra vegetariana para um público maior.”




Lisa: “Eu nunca tinha percebido antes, mas alguns desenhos animados tipo Itchy & Scratchy passam a mensagem de que violência contra animais é engraçada.”

Bart: “Eles o quê? Desenhos animados não têm mensagens, Lisa.”


Felizmente, Bart estava errado. Desenhos animados e quadrinhos frequentemente influenciam a maneira como vemos o mundo e nos ajudam a manter ou mudar nossos hábitos. Essas produções culturais nos permitem refletir sobre o bom e o mau, questionar nossos valores e os da sociedade, além de nos oferecer imagens para imitar.


Se você ainda não é vegano, por que não segue os exemplos do Super Homem, da Hera Venenosa ou do Hulk? Você pode até se sentir mais atlético, saudável e cheio de energia que antes! Clique aqui para saber mais sobre uma dieta baseada em plantas.