• Aline Baroni

Sem carne vermelha, Universidade de Cambridge reduz pegada de carbono em 10%

A Universidade de Cambridge, localizada no Reino Unido, decidiu tirar produtos contendo carne vermelha de seus cardápios e substituí-los por alternativas veganas. A decisão "reduziu dramaticamente a pegada de carbono da instituição", de acordo com Andrew Balmford, professor de conservação ambiental da Universidade, que orientou as mudanças.

Para ser mais preciso, houve uma redução de um terço nas emissões de carbono relacionadas com a alimentação e de 28% no uso de terras por quilograma de alimento comprado. De forma geral, as emissões de carbono das cantinas caiu 10.5%. "É difícil imaginar qualquer outra intervenção que possa resultar em tantos benefícios em um período de tempo tão curto", disse Balmford à BBC. É realmente impressionante!

Os chefs participaram de aulas de culinária vegana e os gerentes dos cafés tiveram treinamento sobre sustentabilidade. Os 14 estabelecimentos e 1500 eventos anuais da Universidade têm implementado a mudança (e celebrado os excelentes resultados) desde outubro de 2016.

Não é nenhuma novidade que nossos hábitos alimentares são um dos principais fatores que levam à catástrofe ambiental que estamos enfrentando. Não há dúvidas que os produtos de origem animal estão por trás de acontecimentos como o fato de o último mês de junho ter sido considerado o mês mais quente já registrado na Terra e de um glacier na Islândia ter desaparecido completamente devido ao aquecimento global. Até mesmo a ONU está dizendo que nos tornarmos veganos é uma mudança necessária para conter as mudanças climáticas. Para não falar na crueldade contra animais envolvida e nos potenciais riscos à saúde relacionados ao consumo de produtos de origem animal.

A mudança na Universidade de Cambridge é um bom exemplo de como pequenas e simples decisões podem gerar um grande impacto no mundo em que vivemos. Milhares de animais estão sendo poupados, as pessoas estão comendo mais vegetais, tendo acesso a opções mais saudáveis e eles ainda estão ajudando a preservar o meio ambiente.

Você também quer ser parte da mudança? Considere o veganismo e nos ajude a disseminar essa ideia se juntando ao nosso grupo de voluntários.