top of page
Buscar

Ativistas de proteção animal pedem para Danone se posicionar sobre o descarte de bezerros

Ativistas da ONG Sinergia Animal realizaram uma manifestação pacífica em frente à sede da Danone neste domingo (18), em São Paulo, para pedir que a empresa se posicione sobre o descarte de bezerros no Brasil. Cercada por faixas zebradas, uma pilha de bezerros de pelúcia cobertos de sangue falso despertou a curiosidade dos pedestres na Avenida Paulista enquanto os ativistas simulavam detetives tentando solucionar o mistério.


“Poucas pessoas sabem o que acontece com os bezerros machos na indústria do leite. Nas fazendas que fornecem para a Danone e outras empresas de lácteos, as vacas são inseminadas repetidas vezes e os filhotes que nascem machos são descartados prematuramente por não terem valor comercial  os bezerros são separados de suas mães ao nascer, mantidos amarrados e descartados, normalmente sendo mortos com poucos dias de vida. Como não há controle da destinação destes animais, é possível que sejam  encaminhados para locais que realizam abate  ilegal”, explica Carolina Galvani, diretora executiva da Sinergia Animal.


A ação integra a campanha SubMundoDanone.com, lançada em 21 de março, junto a uma investigação realizada pela ONG nas fazendas que forneciam leite para a empresa. Desde então, a Sinergia Animal vem pedindo para que a Danone assuma uma política pública e apresente soluções que impeçam a matança de bezerros recém-nascidos. A campanha também pede que a empresa adote outras medidas de bem-estar animal, como não manter bezerros em gaiolas ou acorrentados, garantir que as fazendas estão tomando os devidos cuidados com animais machucados ou incapacitados, e o fim de mutilações sem alívio da dor. 



“A Danone já adota diretrizes de bem-estar animal superiores na União Europeia, onde já se comprometeu com o fim das gaiolas e acorrentamento, o fim da venda e transporte de animais com menos de sete dias e a manutenção de registros para melhorar a destinação de bezerros. Infelizmente, essas mesmas políticas não são aplicadas no Brasil. Um comprometimento nacional, neste momento, irá garantir que milhares de vidas sejam poupadas de um sofrimento intenso e de uma morte precoce”, acrescenta Carolina. 


Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.SubMundoDanone.com 


Comentarios


bottom of page