Image by Christopher Carson

SINERGIA BRASIL LINK

Rosto de uma vaca branca e preta ao fundo com um texto sobre ela onde se lê "Doe hoje: os animais contam com você!".

Doe
hoje:

os animais contam com você!

Mãos humanas digitando em um computador. À frente da imagem o texto: "Nosso blog".

Nosso

blog

Foto de uma refeição contendo pepino, cenoura, abacate e pimentão. A mensagem à frente da imagem diz "E-book gratuito: 15 receitas inspiradas no mar".

 

E-book gratuito:

15 receitas inspiradas no mar

Um iPhone branco com o ícone do Twitter na tela. Plano de fundo na cor turquesa do Twitter. A mensagem em frente à imagem diz "Twitter da Sinergia".

 

Nosso

Twitter 

Foto de uma galinha marrom de perfil. O texto à frente da imagem diz "Seja ativista pelos direitos animais!"

 

Seja Ativista
pelos animais

Uma pessoa sorridente andando pela cidade, segurando o que parece ser uma pasta de trabalho. Em frente à imagem, a mensagem "Trabalhe conosco".

 

Trabalhe

Conosco

Vários leitõezinhos fofos olhando para a câmera. À frente da imagem se lê "Descubra se seu banco apoia a crueldade animal".

 

Descubra se seu banco apoia a crueldade animal

Um smartphone com o aplicativo do YouTube sendo iniciado. Plano de fundo vermelho. A mensagem à frente da imagem diz "YouTube da Sinergia".

 

Nosso

Youtube 

Uma pessoa usando um notebook. A mensagem na frente da imagem diz "Visite nosso site".

 

Visite
nosso site

Um grupo de tilápias fora da água, morrendo por asfixia. À frente da imagem, o texto diz "Media Center: baixe fotos e vídeos de nossas investigações gratuitamente".

Media Center:

baixe fotos e vídeos de nossas investigações gratuitamente

Logo do Facebook com o azul característico da marca ao fundo. O texto diz "Facebook da Sinergia".

 

Nosso

Facebook

Uma captura de tela da interface do LinkedIn. O plano de fundo usa o azul característico da marca. À frente da imagem, as palavras "LinkedIn da Sinergia".

 

Nosso

Linkedin 

Petições

Bancos de desenvolvimento,

parem de investir em pecuária intensiva

Nestlé,

diga não à crueldade contra bezerros!