• Aline Baroni

4 motivos por que leite de vaca não é bom para sua saúde

Nas últimas décadas, a indústria de laticínios investiu muito dinheiro para convencer os consumidores de que o leite de vaca não é apenas saudável, mas também necessário para uma vida saudável. A propaganda é divertida e bastante persuasiva, incentivando que mães dêem aos filhos pelo menos um copo de leite por dia. A indústria também convenceuos atletas a começarem sua rotina diária com um iogurte e incentivaram os mais gulosos a adicionarem uma porção extra de queijo aos hambúrgueres.

Mas atualmente, quanto mais pesquisas científicas são feitas, mais difícil é esconder a verdade: os laticínios não são apenas prejudiciais à saúde, mas também estão ligados a muitas doenças graves e até mesmo a uma alta taxa de mortalidade.

Selecionamos para você alguns dos resultados mais recentes. Dá uma olhada!

Não é tão bom assim para seus ossos

A crença popular diz que o leite é bom para os ossos, mas alguns pesquisadores provaram que isso está errado. Um estudo com 96.000 voluntários concluiu que quanto mais leite os homens consomem na adolescência, maior é a probabilidade de fraturas ósseas na idade adulta.

Relacionado a vários tipos de cânceres

O consumo de laticínios tem sido associado a diversos tipos de câncer, principalmente do aparelho reprodutor, como o câncer de próstata. O Physicians Health Study acompanhou 21.660 participantes por 28 anos e descobriu que 2,5 porções de laticínios por dia (por exemplo, 2,5 copos de leite) são suficientes para aumentar o risco de câncer de próstata.

Outros estudos mostram que mulheres que comem grandes quantidades de queijos cheddar, americano e queijos cremosos têm um risco 53% maior de desenvolver câncer de mama, enquanto mulheres com diagnóstico de câncer de mama invasivo em estágios iniciais têm uma taxa de mortalidade maior se consomem laticínios com alto teor de gordura. Mesmo com pequenas quantidades, por exemplo, meia porção por dia, existe um risco significativo.

Um estudo publicado no American Journal of Epidemiology descobriu que mulheres que consomem mais de um copo de leite por dia têm 73% mais chances de desenvolver câncer de ovário em comparação com mulheres que bebem menos de um copo de leite por dia.

Aumento da probabilidade de se desenvolver diabetes

Um estudo finlandês analisou 3.000 crianças com alto risco genético de desenvolver diabetes. Aqueles que receberam leite de vaca desde cedo aumentaram sua suscetibilidade à doença. Por outro lado, a Academia Americana de Pediatria descobriu que, ao evitar o acesso à proteína do leite de vaca durante pelo menos os três primeiros meses de vida de uma criança, é possível reduzir a incidência de diabetes tipo 1 em até 30%.

Aumento da mortalidade

Um estudo publicado no American Journal of Epidemiology rastreou o consumo de leite, frutas e vegetais em mais de 140.000 participantes. Aqueles que consumiram mais leite e menos frutas e vegetais tiveram maiores taxas de mortalidade. Os cientistas acreditam que um alto consumo de leite pode encurtar a expectativa de vida devido ao aumento do estresse oxidativo.

No caso das mulheres, os números são ainda piores: a mortalidade foi quase três vezes maior entre aquelas que consomem três ou mais porções de laticínios por dia e até uma porção de frutas ou verduras, quando comparadas às mulheres que consomem menos de uma porção de laticínios por dia e cinco ou mais porções de frutas ou vegetais.

A boa notícia é que seguir uma dieta vegana, que exclui laticínios e outros produtos que prejudicam os animais, não só é possível, mas também delicioso. Além disso, é melhor para sua saúde, para os animais e para o meio ambiente. Clique aqui para saber como começar.