• Aline Baroni

Startup está produzindo alternativa à carne feita de ar

O mercado de substitutos da carne não para de nos impressionar. Depois de todos os tipos de carnes feitas a partir de plantas ou em laboratório, com alguns produtos que até "sangram", a notícia agora são as proteínas feitas de ar — literalmente. Inspiradas em uma tecnologia da NASA, uma startup americana está criando um substituto da carne em pó com micróbios encontrados no ar, a partir dos quais eles esperam criar proteína vegana.

Utilizando energia renovável, a AirProtein converte "os elementos em uma proteína rica em nutrientes com o mesmo perfil aminoácido da proteína animal e cheia de vitaminas do complexo B, geralmente difíceis de encontrar em uma dieta vegana". A ideia é que esse pó substitua a proteína de soja ou ervilha em produtos plant-based.

O processo é similar a fazer iogurte ou cerveja, em grandes câmaras de fermentação, e requer apenas uma pequena fração da terra necessária para a produção de carne tradicional. Também é muito mais rápido, já que o pó pode ser produzido em questão de poucas horas, ao invés de meses que leva a produção animal, além de não depender do tempo ou de estações do ano.

Essa tecnologia pode ser revolucionária para ajudar a melhorar a segurança alimentar no mundo, uma vez que, de acordo com a FAO, nós precisaríamos aumentar a produção de alimentos em 70% com um aumento de apenas 5% no uso de terra para atender um crescimento populacional esperado de 10 bilhões de pessoas até 2050.

De acordo com o Business Insider, "a empresa espera anunciar um produto que consumidores possam comprar no próximo ano, mas ainda não foi informado que formato ele terá".

Quer revolucionar a nossa alimentação antes disso? Parar de consumir carne, laticínios e ovos é a melhor forma de começar! Você também pode ajudar nos fazendo uma doação.