• Carolina Macedo Galvani

15 imagens que provam que a produção animal é aterrorizante

1. Leitões são frequentemente castrados e têm seus rabinhos cortados sem uso de anestésicos

Foto: Andrew Skowdon

2. Vacas leiteiras estão sempre grávidas porque precisam ter bebês para produzir leite. Em fazendas, elas são inseminadas artificialmente por humanos, em um processo que pode ser muito doloroso.

Foto: We Animals

3. Uma família inteira de porcos morta e descartada como se fosse lixo

Foto: We Animals

4. Galinhas poedeiras passam suas vidas inteiras dentro de pequenas gaiolas sem espaço suficiente para andar ou abrir suas asas completamente. Como resultado do contato constante com as grades de metal, algumas perdem boa parte das penas do corpo.

Foto: We Animals

5. A falta de espaço e estresse faz com que os porcos se sintam frustrados e acabem desenvolvendo comportamentos extremamente não naturais, como atos de canibalismo.

Foto: We Animals

6. Os métodos legais de abate "humanizado" de vacas requer que elas sejam atordoadas antes de serem penduradas pelas patas traseiras, de cabeça para baixo, para sangrar, ainda vivas. Em alguns abatedouros, outros animais podem ouvir ou até mesmo ver todo esse processo, enquanto são os próximos da fila, o que pode causar a eles imensa agonia e estresse.

Foto: We Animals

7. Para produzir leite, vacas são inseminadas constantemente, o que quer dizer que elas têm bebês com frequência. O "problema" é que, se o bezerro beber o leite da sua mãe, sobra menos para ser comercializado. Então, fazendeiros comumente separam os filhotes das mães em estágios precoces da vida dos bebês, às vezes logo depois do parto. Há registros de mães e filhotes chorando por dias depois de terem sido separados.

Foto: We Animals

8. Uma investigação realizada pela Sinergia Animal na Argentina mostra gaiolas em bateria tão imundas que algumas galinhas acabam morrendo afogadas em fezes.

Foto: Sinergia Animal

9. Galinhas e frangos raramente têm assistência veterinária. Essa foto mostra um pintinho com a perna quebrada e que provavelmente morreu lentamente de fome e desidratação porque ele não poderia andar até o comedouro.

Foto: We Animals

10. Milhões de porcas reprodutoras ao redor do mundo nunca poderão cuidar de seus bebês ou brincar com eles simplesmente porque suas celas não as permitem se movimentar.

Foto: We Animals

11. Uma investigação realizada pela ONG francesa L214 mostra que nem mesmo vacas grávidas são poupadas do abate.

Foto: L214

12. E essa outra investigação mostra a vida horrível das vacas que têm furos em suas barrigas. Isso acontece porque elas são usadas para pesquisas sobre como melhorar a produção de leite. O buraco dá acesso direto a seus estômagos, e elas são manipuladas constantemente.

Foto: L214

13. O transporte até o abatedouro é um dos piores momentos para os animais. Eles passam horas, dias e até semanas na traseira de um caminhão ou navio, expostos a temperaturas extremas, sem espaço para se deitar confortavelmente ou descansar, cobertos por seus próprios excrementos e às vezes até machucados.

14. Peixes enfrentam uma morte longa e perturbadora: uma vez que eles não conseguem respirar fora d'água, eles morrem sufocados lentamente. Essa expressão facial mostra eles tentando respirar e não conseguindo.

Foto: Andrew Skowron

15. Como pintinhos macho não botam ovos, eles são considerados descartáveis pela indústria e são mortos brutalmente. Uma das formas mais comuns de se fazer isso é triturando eles vivos e conscientes.

Foto: Anonymous for the Animals Rights

Se essas imagens te chocam, por favor, considere parar de consumir produtos de origem animal. Clique aqui e saiba como começar.